Lesões e malformações mais comuns no quadril

O quadril tem como finalidade permitir os movimentos das nossas pernas. A articulação liga o osso da coxa (fêmur) ao osso da bacia (pelve) e é formada pelo acetábulo e a cabeça do fêmur. Sua estrutura é rica em cartilagem, que recobre a cabeça do fêmur, essencial para facilitar a mobilidade.

Por ser uma região de grande extensão e composta por ossos, ligamentos e músculos, qualquer mau funcionamento pode ocasionar dor, limitando o movimento do corpo e dificultando a realização das tarefas do dia a dia, como correr, subir escadas, agachar ou até cruzar as pernas.

Colisões súbitas, anormalidades anatômicas e a prática de modalidades esportivas como atletismo, futebol, tênis, golfe, artes marciais, ballet e ginástica olímpica podem provocar lesões na articulação, uma vez que exigem um maior movimento da região.

Malformações mais comuns no quadril:

  • Luxação ou displasia congênita de quadril: é a instabilidade ou a frouxidão da articulação coxo-femoral ao nascimento, normalmente diagnosticada no exame clínico rotineiro do recém-nascido ainda na maternidade, feito pelo pediatra e na suspeita solicitada a avaliação do ortopedista para definir o diagnóstico. O tratamento deve ser feito inicialmente com o uso do Suspensório de Pavlik, uma órtese dinâmica que permite o encaixe do quadril do bebê na posição correta, seguido de acompanhamento médico.

Lesões mais comuns no quadril:

  • Bursite: é uma inflamação da bursa, pequena “bolsa” presente no fêmur, que tem a função de diminuir o impacto ou atrito entre os tendões e os ossos. A bursite ocorre devido ao atrito excessivo, devido à diminuição de flexibilidade, fraqueza muscular e disfunções biomecânicas.

  • Tendinite: é um processo inflamatório ou degenerativo de tendões, que pode ser provocado por um aumento da carga de exercícios físicos e o excesso de impacto do tendão contra o osso, sendo muito comum nos tendões dos músculos glúteos, que envolvem a articulação do quadril.

  • Artrose: a artrose é provocada pelo desgaste da articulação, que atinge 15 a 20% da população, sendo muito comum nos adultos jovens, vítimas de algum acidente ou malformações e também nos idosos, decorrentes do desgaste ocasionado pela idade e exercícios inadequados durante os anos.

  • Fraturas: é a perda da integridade óssea causada, muitas vezes, por traumas (principalmente em acidentes domésticos, como quedas) e favorecida pela osteoporose, doença que diminui a resistência da estrutura do osso.

Diagnóstico e tratamento de lesões:

Para fazer o diagnóstico, o médico deve fazer um exame clínico minucioso, ouvindo a história e as queixas do paciente, e poderá solicitar exames complementares de imagem, como radiografias, tomografias e ressonâncias magnéticas. Quanto maior for a precisão e a rapidez do diagnóstico, melhor será a recuperação do paciente.

Dependendo da gravidade do quadro, o tratamento das lesões no quadril pode ser realizado através de métodos conservadores, visando a diminuição da inflamação, alívio de dores e fortalecimento estrutural: uso de medicamentos específicos e sessões de fisioterapia, com exercícios de fortalecimento, flexibilidade, mobilização articular e treinamento sensório-motor, para recuperar o movimento e a marcha.

Se necessário, pode ser indicado o tratamento cirúrgico, por artroscopia. Em caso de fraturas, é feita a fixação interna com a redução adequada da fratura e posterior fixação com parafusos, placas de titânio, hastes ou a realização de artroplastia (prótese de quadril) parcial ou total.

Jamais ignore uma dor no quadril. Ao menor sinal de desconforto na articulação, é fundamental procurar um ortopedista, principalmente se o sintoma se irradiar para outras regiões, como os joelhos.

Na Ortopedia Durigan, você receberá a atenção e o cuidado necessários para tratar e se recuperar de lesões no quadril. Também será orientado sobre atividades físicas que trabalhem o fortalecimento da musculatura da região do quadril, evitando assim lesões futuras.

Cuidar faz parte do tratamento.

Dr. Luís Eduardo Nalin de Lucena

CRM 109.015 TEOT 10.680

Especialista em Cirurgia do Quadril

Especialista em Cirurgia do Trauma Ortopédico, Reconstrução e Regeneração óssea

Assistente do Grupo de Trauma Ortopédico da Santa Casa de São Paulo

Membro da Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos

Dr. Jorge Rafael Durigan

CRM 121.245 TEOT 11.585

Especialista em Cirurgia do Trauma Ortopédico, Reconstrução e Regeneração óssea

Assistente do Grupo de Trauma Ortopédico da Santa Casa de São Paulo

Membro da Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Formado pela Faculdade de Medicina de Marília

Agende uma consulta

Leia também:

Busca por assunto
Busca por tema

ESPERAMOS SEU CONTATO

Atendimento de segunda à sexta das 9 às 20h e aos sábado das 8 às 12h

Alameda Santos, 122 Cj.303, Jardim Paulista São Paulo-SP

Estacionamento com vallet - acesso pela Rua Leôncio de Carvalho

ATENDIMENTO PARTICULAR / AUXILIAMOS O REEMBOLSO

ATENÇÃO MÉDICA DE ALTA QUALIDADE

AMBIENTE ACOLHEDOR 

LIGUE

 

11 3251 2806

11 3251 2773

11 97562 2033

 

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Tags: ortopedista - clinica ortopedica - clinica de ortopedia - ortopedista sp - ortopedia sao paulo - clínicas ortopédicas em são paulo sp - clinica ortopedia - medico ortopedista - ortopedista particular - ortopedista em sao paulo - ortopedista que atende de sabado - ortopedista sabado - ortopedista na alameda santos - ortopedista no paraiso - ortopedista na paulista - ortopedista av paulista - ortopedia av paulista - ortopedista jardins - ortopedistas nos jardins - ortopedia perto da paulista - clínica de ortopedista próximo à av paulista

 Resp. Técnico: Dr. Jorge Rafael Durigan  CRM 121.245 TEOT 11.585