Luxação: um quadro grave que requer atenção médica

Quando as pessoas sofrem algum trauma, muitas vezes, suspeita-se de luxação. No entanto, é preciso entender qual sua real definição.


A luxação é caracterizada por um deslocamento abrupto, parcial ou completo, das extremidades dos ossos de uma articulação, podendo estar acompanhada de uma fratura. Desse modo, um osso se separa do outro comprometendo as estruturas que os unem, como os ligamentos. A luxação é bem grave e por isso a assistência de um médico ortopedista deve ser solicitada imediatamente.




Muito confundida com a luxação, a contusão é provocada por um forte impacto que não ocasiona danos aos ossos e às articulações. Nesse caso, aplicar gelo no local pode aliviar a dor e amenizar o edema e o hematoma.


Dependendo do local e da força do impacto, a luxação pode acarretar consequências graves como perda da mobilidade do membro acometido, dor, necrose óssea (mais comum na luxação do quadril) e, se não tratado adequadamente, pode ocorrer recidiva da luxação (comum no ombro).


Os locais mais acometidos por esse tipo de condição são a articulação do ombro, quadril, joelhos e cotovelos, em geral decorrentes de traumas esportivos ou acidentes automobilísticos.


O tratamento deste problema começa com a imobilização adequada do local luxado, que deve ficar numa posição confortável, permitindo assim o transporte do paciente com segurança para que possa ser realizado o atendimento médico. Na sequencia, é necessária a redução da luxação (colocar o “osso” no lugar), que pode ser feita na sequencia ou no centro cirúrgico.


O tratamento geralmente é iniciado com uso de imobilização seguido de fisioterapia, em busca de uma articulação estável. Caso haja sinais de instabilidade, o tratamento cirúrgico pode ser necessário.


Medidas como utilizar o corrimão sempre que subir e/ou descer escadas, manter tapetes antiderrapantes em locais molhados como banheiros, e utilizar equipamentos e roupas adequadas na prática de atividades físicas podem evitar não só a luxação, como também outros traumas.


Em caso de acidentes mais sérios procure sempre por ajuda especializada de imediato, pois a redução inadequada da luxação ou a falta do seu correto diagnóstico pode ser catastrófico para o paciente.


Cuidar faz parte do tratamento.


Dr. Jorge Rafael Durigan

CRM 121.245 TEOT 11.585

Especialista em Cirurgia do Trauma Ortopédico, Reconstrução e Regeneração óssea

Assistente do Grupo de Trauma Ortopédico da Santa Casa de São Paulo

Membro da Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Formado pela Faculdade de Medicina de Marília

Agende uma consulta

Leia também:

Busca por assunto
Busca por tema

ESPERAMOS SEU CONTATO

Atendimento de segunda à sexta das 9 às 20h e aos sábado das 8 às 12h

Alameda Santos, 122 Cj.303, Jardim Paulista São Paulo-SP

Estacionamento com vallet - acesso pela Rua Leôncio de Carvalho

ATENDIMENTO PARTICULAR / AUXILIAMOS O REEMBOLSO

ATENÇÃO MÉDICA DE ALTA QUALIDADE

AMBIENTE ACOLHEDOR 

LIGUE

 

11 3251 2806

11 3251 2773

11 97562 2033

 

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Tags: ortopedista - clinica ortopedica - clinica de ortopedia - ortopedista sp - ortopedia sao paulo - clínicas ortopédicas em são paulo sp - clinica ortopedia - medico ortopedista - ortopedista particular - ortopedista em sao paulo - ortopedista que atende de sabado - ortopedista sabado - ortopedista na alameda santos - ortopedista no paraiso - ortopedista na paulista - ortopedista av paulista - ortopedia av paulista - ortopedista jardins - ortopedistas nos jardins - ortopedia perto da paulista - clínica de ortopedista próximo à av paulista

 Resp. Técnico: Dr. Jorge Rafael Durigan  CRM 121.245 TEOT 11.585