O papel do paciente em sua própria recuperação

O período de reabilitação compreende um conjunto de procedimentos que tem por objetivo restabelecer as funções dos membros acometidos por fraturas e lesões ortopédicas, permitindo a retomada dos papéis daquele paciente na família e na sociedade, bem como de sua autonomia, liberdade e satisfação. Mais que tecnologia, envolve estratégias de ações cotidianas, dentro das possibilidades de cada um.

Existe um ganho muito grande na recuperação quando há uma boa relação estabelecida entre o paciente, seus familiares e a equipe médica e terapêutica.

O médico, além de preocupar-se com a queixa física, deve levar em conta as expectativas e as emoções do paciente, fatores muito importantes para o sucesso do tratamento. Também deve ouvir, compreender e auxiliar nas dificuldades do dia-a-dia encontradas por esse paciente e sua família, e lhe dar suporte, a fim de favorecer o êxito da reabilitação.

O paciente precisa se sentir compreendido frente às dificuldades envolvidos na reabilitação. Sentir-se aceito diante de sua condição possibilita maior adesão ao tratamento.

Na Ortopedia Durigan, buscamos adotar uma atitude empática e de acolhimento, prestando um atendimento que considera a singularidade e a história de cada pessoa, na prática de um cuidado humanizado. Essa atenção permite a confiança e participação dos pacientes em seu próprio processo de reabilitação, para recuperação dos seus movimentos.

Cuidar faz parte do tratamento.

Dr. Vitor Chadud

Ortopedista CRM 140.105 TEOT 13.476

Especialista em Cirurgia de Ombro e Cotovelo

Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo

Formado pela Universidade de Mogi das Cruzes - SP

Leia também:

Busca por assunto
Busca por tema